Soma

Soma

É de alegria que vivo
Meu instante se perpetua efêmero
A felicidade é póstuma

Anderson Ribeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.