Vem cá ver uns clipes meus comigo?

São 5 clipes que lancei nos últimos tempos e queria compartilhar com vocês. Bora assistir e deixar um comentário do que achou? Capela dos Sons – Anderson Ribeiro Mais de Você – Anderson Ribeiro Grossa Gente Fina – Anderson Ribeiro Canção dos Sentidos – Anderson Ribeiro Parem de acabar com o mundo! – Anderson Ribeiro…

Novo Ano Novo

Novo Ano Novo Um ano bomMuitos sorrisosCada um de nósCada momento por viverQue seja mais do que sobreviverQue seja colo ou então um abraço forever Que a gente aprenda a desaprenderOlhar atento no que está pra verSaiba se ver no que outro escolherSaber é mais do que um simples “certeza de ser” Assim seguirmos como…

Maitre Catorta

Maitre Catorta Desassossego é um poema que nada dizUma tangente estérilNum mundo quebra-cabeçaPor mais que eu, peçaDesencaixoDesde quando deixar de morrerÉ viver de dor?O medo da morte é a medidaSe é pouco, você morreSe é muito, mata a vidaQuem chora por você?Quem vai cuidar de ti? Quem disse para o tempo sumir assim do nadaNum…

Capela Dos Sons

Capela dos Sons Uma voz segue a cantarSem saber de onde vemA vontade que alimentaEsse som que só faz bem Voz que canta aquece a almaSabe os tons e a direçãoDas pegadas que caminhamJuntos aos passos da canção Rimas roucas, frases loucasNo sentido da oraçãoMas diz tudo em notas poucasAos que escutam a canção Rimam…

Todos os Ícaros que um dia fui

Todos os Ícaros que um dia fui Todos os gritos escrevem com meu suorOs crassos erros que eu cometiDa cela escura do meu olharVejo o desenho que eu refleti De tantos ritos que eu fiz seguirPoucos serviram meu caminharA cera oculta meu dom de ouvirE me proibe do sol tocar Mas algum dia ainda escrevo…

Ruído Guia

Ruído Guia O tempo espera e rege a nota pra acontecerO acorde exala o som que grita e te faz sonharO pulso rima distorções com estremecerE então mistura alma e corpo num só lugar E eu acabei encontrando um caminhoDe divertidas pedras que fazem rolarA multidão não te deixa sozinhoUma guitarra assim não te abandona…

Sonhos de Gaveta

Sonhos de Gaveta Guardei meus sonhos na gavetaLancei tranca reforçadaE previ chaves perdidasPara quando o amanhã for ontem Quantas canções eu fiz não seiMas já perdi poemas para a coesãoCom rimas de abundante sentido E fôlego de susto Todas lá bem guardadas agoraCom rangidos de dentesBruxismo de batatas assandoE ausente tesão Eram pois chama miúdaNão…

1986

1986 A gente espera o momento certoDe viver a vida em primeira pessoaComo fazer buracos de bola de gudeOu correr atrás de estrela cadente E a gente escreve um poema-caminhoCom todo mundo olhando para o mesmo lugarEm que a razão não era então o medo de deixar de existirQuando a vida era mais que ouvir…

Para Quem Não Me Viu cantar

Para Quem Não Me Viu Cantar Pra quem não me viu cantarNão sabe da voz a razãoEu trago um retrato dos dias bonsPra quem não me viu sorrirLá me esparramei em incontáveis eusSó pela certeza de nada saber Pra quem não me viu quererDesatina em meu caso imperfeitoEu turvo os sentidos dos dias bonsPra quem…

Nada Além de um Broadcast

Nada Além de um Broadcast Sibila a ordemCumprir é a metaNão há razãoSó a sina Vista o alforge do asnoLeve a carga sem perguntasA cabeça com viseiraÉ o que o algoz assunta Só ouça o sinalO que você dizO que te contoNão conta ponto A maioria grita o refrãoVocê tomou a vacina?Dance conforme a música…