Brincando Com Fogo

Brincando Com Fogo

Se não de todo
A loucura que explica
A matemática e os piromantes
É a expectativa
Aprendi assim quando eu era astronauta e
As estrelas calçavam meu chão
A Via Láctea tem a forma da imaginação
E a Ilha das Incertezas que te deixa insone
É cercada de verdades por todos os lados
Agora, se morto
Eu tenho que aprender a ser humano!
Se louco
Eu tenho que aprender a ser humano?
Se pouco
Eu tenho que aprender a ser, humano?
Se livre
Eu tenho que aprender a ser, humano!
A mentira de ser senão estar
É a rubrica da cegueira
Sentidos!

Anderson Ribeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.