O Sujeito

O Sujeito Era pólvora e a umidadeA soberba e a humildadeEra simples, senão compostoEra o ritmo e era o gosto Era o naco e o tacoEra o tico e o trecoEra o extremo e o delicadoEra o breu ou era o recado Era o alfa ou a mais ridículaEra o instante e o congelamentoEra a…

Retrovisor

Retrovisor Para que tanto futuroSe a gente só sabe falar Yabadabadu?! Anderson Ribeiro

Presente

Presente Futuro é saberQue o passado viveuO melhor durante Anderson Ribeiro

Data Venia

Data Venia No final era um bando Jogaram comida, juntaram Tacaram pedra, correram Anderson Ribeiro

Rito

Rito O que eu não canto eu desejo O que eu não vivo eu ensejo Pelo que eu não morro eu festejo Para o que eu não tenho voz eu revejo Os agudos que me faltam eu gravo Os graves que me cabem eu grito Os sons que me forjam não ouço Minhas rimas pobres…

Untill 27

Untill 27 Se cidadãos de bem rasgam os livros E presos às correntes de redes sociais Jogam as chaves ao mar Quem é mergulhador? Porque ter poucos amigos não é problema Inescusável é que entre os poucos Sejam tímidos ou loucos Não se possa montar uma banda de rock Dos muitos de tantas respostasPoucos se…

Assassinado Pelo Autor

Assassinado Pelo Autor Era no desjejum beber pétalas E florir poemas pelo dia E mesmo quando comer não podia Vivia de si sem metas Era inteiro por ter companhia E de tão uno se dividia E de tanto criar Era cria Fora terceira constante Viu ser primeira distante Desfez os nós delirante Então assumi hesitante…

Minha Música

Minha Música Entre as mentiras que eu me conto A maior verdade É que era a música Que me fazia sonhar Dela de cujo sopro vale a vida Tal qual segundo decisivo Denota fôlego guerreiro O que se faz contraditório Não por acaso o que trago Não obstante o equívoco Por não se esquivar do…

Bate um peito em meu coração

Bate um peito em meu coração Não acredito em metades Me apetecem os poros Soul adstringente Ainda que pese o medo O sonho Ainda que reze a sina Estranho Minha Palavra é escura O outro é o lume Rock Star O crepúsculo anuncia o verso O reverso está contido Livre para criar Preso pela neblina…

Pulo a Bula

Pulo a Bula Meu pai que ama doce Vai de café amargo E olhar sem aspas É que o futuro era melhor Quando ainda estava por vir A pressa é para que o sonho Ainda tenha motivos E… sabe?! O verbo no passado É o futuro da preguiça Por teimosia ouvi dizer Que orelhas fazem…