Bazófia

Bazófia

A bazófia urgia ser ressudocada
É que o intangível abrange as metáforas industriais
A ordem é beber o leite da laranja
Porque ao que se colhe
Cabe modificar o comportamento pernóstico
Ganhar a liberdade da eloquência
Deve ferrar com a distopia improdutiva
Bradar Torpezas e vilezas temidas
Soma falar simplesmente a dinâmica do dia
O que se leva é a dádiva de ser ouvido
Soar difícil mente

Anderson Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *