Dedeus No Controle

Já era tarde quando os dois sujeitos entraram na casa com as duas violas não se sabe por onde. O velho morador os alertou sobre o horário dizendo que dali a pouco iria dormir. Os dois teimosos, insistentes, não obedeceram e entraram para a TV de onde continuavam a cantoria. O velho, dono do cabresto,…

Para Quem Ainda Vier A Me Ouvir

Eu escrevo para os que morrem Aqueles que pulsam derradeiramente Aos que estancam o fluxo, é para eles minhas perambulices Aos que respiram, sou sussurros onomatopéicos fora de ordem Legado da intoxicação pela osmose contagiosa Eu escrevo para os que gritam a dor do som depois de ouvir o som da dor O incolor tem…

Gôndola Fria

Guarde seu amor de prateleira Porque o meu não fica na geladeira Anderson Ribeiro

Além

Não entenda meu silêncio como maldade Porque eu não confundo seu sorriso com verdade Anderson Ribeiro

Motivos

Motivos O sócio que fala em primeira pessoa O mau humor semeado à toa O lixo defenestrado O humano amontoado O resto socado na goela A mentira e suas mazelas A árvore tombada precoce A gente que ninguém socorre O carro na contramão A farsa na oração A fala que nunca diz A falta do…

About Me

Enquanto sua pergunta não for isenta Sua visão será turva E minha versão inexistente Anderson Ribeiro

Nova Brasília

Tinha caráter Mas estava em promoção. Anderson Ribeiro

Leões em Marte

Eu quero ir embora ver se estou numa esquina Eu já estive em Marte e as palavras não vem E só o que consigo é um inteiro em pedaços Os cacos remendados, grifos aninhados E os miseráveis versos que escalei pra mim Eu já estou lá fora e busco abrigo Ou um café que sirva…