Pérolas

Pérolas

A pasárgada do Bandeira
A pedra do Drummond
O cu da Adélia
O ridículo do Pessoa

O anarquismo do Roberto
O caminho do Mário
O efêmero do Vinícius
O canto da Cecília

A construção do Chico
Os olhos
A vontade

A certeza?!
E os poetas de mãos mudas?
Aqueles, perpetuam-nos falantes.

Anderson Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *