Arranjo

Arranjo Vejo você me comparando àqueles ledos frios dias idos de carnaval Era pra mim o arranjo certo e a amarga dose que eu bebia entre o breu e o sol Os olhos que eu usava eram tão cegos mas eu lia suas frases rabiscadas em mim Eu trago e trago o gosto da cicuta…

Dúvida?

Eu, lírico! Você acha que não. Respeito! Indico também. Anderson Ribeiro

Canção do Empoderamento

Dia desse me disse um outro Não é impossível, só inacreditável A ração do homem é o caminho A razão da sina é o espelho Cabe dá-lo a quem de direito O cabedal de quem te fere e forja A facilidade da complexificação O sangue que quente fere O dedo dado em riste O risco…

Prosa

Seu Passô mandou lembranças Mas meu amigo Estaporvir não me deixava prestar atenção… Anderson Ribeiro

Corta e Costura

Assunto de bolso, meu filho Vá logo sabendo Se não for com costureira Sai logo, correndo! Anderson Ribeiro

Entre Pteranodontes e Insetos

Quando chegar a minha vez eu serei vento E vou dividir o infinito em pequenos eternos Vou prestar contas de retalhos do passado Vou protestar, à máxima anuência de meus calos, o direito de tê-los Deles, o fiel da balança é um beijo que dura um conto de fadas A história do caminho iluminado que…

Errata

A gente nascemos A gente observamos A gente aprendemos A gente imitamos A gente crescemos A gente sonhamos A gente queremos Mas a gente deixamos A gente esquecemos Que a gente pensamos A gente morremos A gente lembramos Que a gente pensamos Só então nós vivemos Anderson Ribeiro

Homem

Antes Errante Procura Distante Aprende Plantar Cultiva Mandar Domina Se perde Se vende Se mede Entende: Recomeçar Anderson Ribeiro

Perene

Eram más, mas verdade era O negror, clarão de suas palavras Fosse sonho, uma quimera O que em silêncio vocifera Remirar porque possível refazer Remover porque remoto ser frutífero Retomar porque certeza o seu querer Realçar por esta luz querer florífero Da morte de sua vida retorcida Bradar mais um querer onisciente: Oh! Bela! Que…

Fecundo

Vida no cimo Olhar de porto Menino Morto Cicia clarão Lastima calado Perdão Amado Peleja sofrida Rogado recato No tato Ferida No prato Vida Anderson Ribeiro